É curioso como as pessoas, de modo geral, tentam se mostrar mais experientes que você, em algumas situações.

Antes eu ouvia:
“Você vai ver! Quando você trabalhar… blá blá blá”
“Você vai ver! Quando você casar… blá blá blá”
“Você vai ver! Quando ficar grávida… blá blá blá”

Agora eu ouço:
“Você vai ver! Na hora do parto… blá blá blá”
“Você vai ver! Quando sua filha nascer… blá blá blá”
“Você vai ver! Quando estiver esperando o segundo filho… blá blá blá”

Caramba… As pessoas não conseguem pensar que ninguém é igual a ninguém? Ou… não pensam que, por acaso… Eu não queira saber?!?

Oh! preguiça dessa “aula” de sabedoria, ministrada por pessoas da mesma idade ou mais novas (e mais velhas também kkkk).

  • Como alguém pode tentar saber qual o tipo de parto adequado para mim? O que eu penso, sinto ou planejo… desrespeita a mim e no máximo, ao meu marido.
  • Quando a minha filhas nascer, eu a conduzirei da forma que eu achar ideal. Sem mais!
  • Não significa que ao passar pela experiência do primeiro filho, que você é Phd na arte de conduzir crias alheias…

Na real, cada um sabe o que é melhor para si. Eu finjo que ouço e as vezes faço que concordo… Mas na realidade, o som que eu interpreto é: Blá, blá blá…

 

Advertisements